O Fundo Comunitário e o apoio aos ucranianos

Joel Rechtman - Editor Executivo da TJ

Tribuna Judaica: Vivemos um momento delicado, em que nossos irmãos na Ucrânia precisam de nosso apoio. Quais são as ferramentas que temos para cumprir esta missão?
Abrão Lowenthal: O Keren Hayesod foi estabelecido em 1920 para ajudar os judeus a se estabelecerem em Israel. O Fundo Comunitário de São Paulo faz parte dessa organização tão importante da vida judaica mundial e é um dos seus maiores parceiros. Lançamos uma campanha para arrecadar recursos para ajudar os ucranianos, judeus e também não-judeus, a se deslocarem das regiões de conflito para países vizinhos e Israel.

Conseguimos um apoio extraordinário de nossa comunidade e também de pessoas de fora da comunidade, e com isso pudemos ajudar na organização de voos para transporte das vítimas das regiões de conflito para áreas seguras e para Israel. Dentro do Keren Hayesod, o Fundo Comunitário de São Paulo está desempenhando um papel importantíssimo frente as demais comunidades judaicas pelo mundo. Ficamos muito orgulhosos da nossa comunidade.

TJ: Entidades que recebem o apoio do Keren Hayesod, como a Agência Judaica tem papel importante. O que podemos falar aos nossos leitores?
AL: Estamos muito orgulhosos da participação de nossa comunidade em colaborar na ajuda às vítimas dessa guerra terrível e injustificável, e a Agência Judaica tem experiência e know-how para fazer esse trabalho de transporte, apoio e acomodação de refugiados diante das dificuldades enormes de uma guerra como a da Ucrânia.

TJ: Judeus brasileiros, em especial de S.Paulo, sempre se arregimentaram em tempos de crise, guerras e outras ameaças. Conte-nos um pouco sobre a situação de acolhimento de judeus ucranianos em Israel.
AL: Israel é um país de imigrantes e tem muita experiência para acolhê-los. Inclusive imigrantes que fogem de guerras, perseguições e situações de muito estresse. Por isso, a imigração ucraniana atualmente em curso encontra toda uma estrutura de acolhimento muito eficiente. E que conta também com experiência específica na absorção de imigrantes ucranianos e russos. A grande onda migratória de russos e ucranianos para Israel nos anos 1990 foi muito bem recebida e transformou Israel para melhor, com impacto muito positivo nas ciências, nas artes e outras áreas da vida israelense. Isso pode ocorrer novamente.

E Israel mais uma vez comprova sua razão de existir: ser um lar seguro para todos os judeus do mundo. Quanto a participação da comunidade judaica de São Paulo, destaco uma parceria histórica entre a Hebraica e o Fundo, com a finalidade arrecadatória destinada a diminuir o sofrimento das vítimas desta guerra odiosa.

Powered by WP Bannerize

Powered by WP Bannerize

Powered by WP Bannerize

Powered by WP Bannerize

Powered by WP Bannerize